MãoFina

Novembro 11 2009

Eu peido sonhei e chorei.

Sonhei que era livre e depois acordei. Acordado chorei.

Eu peido acordado vejo sistemas e monopólios, sistemas monopolizados, e eu peido choro.

Eu peido choro e vejo, vejo grades e choro.

Grades debitadas, grades creditadas.

Grades, grades.

Dívidas, dívidas.

Dinheiro. Dinheiro?

A Mentira num papel! E eu peido choro!

Quero ser livre! livre! livre!

Eu peido não sou livre e choro.

E as gravatas? e as ideias standardizadas? e o pensar institucionalizado?

Livre! livre! livre!

E eu peido choro.

Pensar é esforço; pensar é respostas; pensar é liberdade; pensar dói!

Pensar! Pensar! Pensar!

Livre! livre! livre!

Questionar! Questionar!

Que se caguem os cus!

 Eu peido, peido lá onde há verdade.

Só peido a merda que quero!

Livre! livre! livre!

Eu peido já não choro.

 

Venham encontrar a vossa liberdade aqui http://www.thezeitgeistmovement.com/ !!!

Ass.: C.


contra indicações: cócegas e palmadas
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
21

22
23
24
26
28



links
pesquisar
 
blogs SAPO