MãoFina

Dezembro 19 2008
~~~~Lá ia eu caminhando alegremente naquela rua paralela à outra, quando tropeço no banco de jardim pintado de fresco e oiço uma voz melódica que me berra a mais linda história de encantar alguma vez imaginada, a qual dedico aos muitos perús que um dia tive o prazer de conhecer e ignorar.
....
~~~~Não há muito tempo, existia um certo perú cujo único sonho sempre fora voar, voar bem alto, o mais alto que conseguisse. Num qualquer dia cruzou-se com uma vaca, e em toda a sua frustração confiou-lhe o seu sonho. Ora as vacas são um tanto ou quanto limitadas, seria difícil para aquela aconselhar sabiamente o perú, porém, ouvira falar dos benefícios do estrume e incentivou-o a lamber-lhe...como dizê-lo?...hmhm, a lamber-lhe o recto? que seja então a lamber-lhe o recto. O perú assim fez, acreditando deste modo concretizar o seu único sonho, não tendo tardado até gravitar a um metro do solo. Apesar de nunca antes ter experienciado tamanha felicidade, estava ainda insatisfeito com a altitude alcançada, e continuou a lamber, porque quanto mais lambia, mais alto voava. Entretanto, para surpresa da vaca, o perú caíu morto no chão. Um caçador dislumbrado com um perú tão apetitoso a voar perto de si, não hesitou em colocar um ponto final a esta narrativa.
...
~~~~Qual é a moral desta pequena mas grandiosa história? Meus caros, se almejam subir bem alto na empresa para a qual tão arduamente trabalham, não sigam o exemplo deste perú, caso contrário, a vossa nova posição não se irá manter por muito tempo. No entanto, podem sempre tentar, há quem se delicie com as vossas quedas.
Ass. C.
Por MãoFina às 19:08

contra indicações: cócegas e palmadas
mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
18

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


links
pesquisar
 
blogs SAPO